“A dor é inevitável, mas o sabor da dor depende de onde a colocamos!”

Wallpaper: Nestucca River, Oregon – EUA. Clique na imagem para ampliá-la.

 

ONDE VOCÊ COLOCA O SAL?

Havia em certo povoado, um jovem muito triste por ter sido abandonado pela
mulher amada. Um velho mestre pediu a este jovem triste que colocasse
uma mão cheia de sal em um copo de água e bebesse.
– Qual é o gosto? – perguntou o Mestre.
– Ruim, muito salgado! – disse o aprendiz.

O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago. Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago. Então o velho disse:
– Beba um pouco dessa água!.
Enquanto a água escorria do queixo do jovem o Mestre perguntou:
– Qual é o gosto?
– Bom! disse o rapaz. “É água doce!”.
– Você sente o gosto do sal? perguntou o Mestre.
– Não! disse o jovem.

O mestre então sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse:

– A dor durante a vida de uma pessoa é inevitável, mas o sabor da dor
depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que
você deve fazer é aumentar o sentido de tudo de bom que está a sua
volta.

E dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu.

Em outras palavras: É deixar de ser copo, para tornar-se um lago.

“Entender a vontade de Deus nem sempre é fácil, mas crer que Ele está no comando e tem um plano pra nossa vida faz a caminhada valer a pena”.

*****

Leitor(a) amigo(a),

Recebi por e-mail da amiga Lenir, a quem aproveito para agradecer! Publiquei esta história (O Pequeno Aprendiz) primeiramente em 23/12/2010 e agora republico-a. Espero que gostem!

Fraternalmente,

Marlene Oliveira

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code