No Santuário do Lar







Senhor!
No santuário do lar, recordando a tua sábia conduta no abençoado reduto doméstico, nós, os discípulos imperfeitos da tua mensagem de luz, erguemo-nos para rogar em favor das nossas lutas.
Ajuda-nos a amar, embora a aflição de que nos sentimos objeto;
Ensina-nos a servir, apesar dos desencantos que acumulamos;
Oferece-nos inspiração para as atividades, mesmo em face do cansaço ou do desespero que nos esmagam;
Doa-nos a alegria, conquanto as chuvas de fel nos atormentem;
Instrui-nos no serviço do bem, mesmo com as feridas não cicatrizadas das lutas renhidas;
Levanta-nos para prosseguir e perseverar!
Não somos outros espíritos…
Somos os dilapidadores da paz alheia, envergando roupagens novas;
Somos os algozes do passado, travestidos de vítimas no presente;
Somos os inquietadores agora inquietados;
Somos os semeadores da discórdia, colhendo cardos;
Somos os pomicultores da usura nas mãos da necessidade;
Recapitulamos para aprender, recomeçamos para crescer.
Ainda ontem, ouvindo tua voz, desertamos do dever, e dizendo-Te servir,distendemos a impiedade e a perturbação…
Hoje, porém, libertados da imprudência, levantamo-nos para a vida.
Sê nossa rota, nossa luz, nosso bastão.
Senhor, sustenta a nossa fragilidade e apieda-te de nós!

Autor: Marcelo Ribeiro
Psicografia de Divaldo Franco

Share

Oração: O Bem Operante

Fotografia: Double Rainbow, Switcurrent River and the Wynn Range, Glacier National Park, Montana.

“Senhor Jesus:
Neste dia, que amanhece em oportunidade nova, nós Te louvamos pela dádiva de amor que ele significa.
Abençoando a nossa tentativa de serviço edificante, ele representa o Teu amor clarificando-nos as horas.
Vitória perpétua da luz contra a treva, é o símbolo do triunfo do bem sobre o mal transitório que se encontra no mundo em transformação.
Sob Tuas concessões altera-se a paisagem terrena e o trabalho desdobra as ações positivas para o engrandecimento da vida.
Ajuda-nos a valorizar o milagre das suas horas, no que podemos fazer a benefício próprio e do nosso semelhante, enriquecendo-nos de amor e coragem para a realização dignificante.
Confirma com a Tua autoridade superior as nossas disposições de crescimento e ampara-nos sempre, porquanto, sem Ti, jamais lograremos superar as paixões que nos escravizam, impedindo-nos a felicidade a que nos destinas.

Senhor, despede-nos em paz!…”
Bezerra de Menezes


Transcrição do livro A PRECE SEGUNDO OS ESPÍRITOS – Livraria Espírita Alvorada Editora, 1997, psicografia de Divaldo Pereira Franco.
Jesus diz em Mateus 7:7-8 “Pedí, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede, recebe; e quem busca, acha; e ao que bate, abrir-se-lhe-á.”Peço ao Espírito Criador que você, visitante, receba a bênção que está precisando neste instante, seja ânimo, força, alegria, inspiração, trabalho, proteção, luz…Por hoje é só, pessoal!

Share